terça-feira, março 14, 2006

Há que cultivar!!!

Bem, no seguimento da constatação d certas peripécias que cairam no meu desagrado mais n posso que verter aqui as minhas considerações.
O acto d cultivar permitiu ao Homem tornar-se sedentário e teve como semente a própria semente...omessa n era desta cultura k queria falar!
O que me indignou foi uma outra cultura...uma cultura praticada por não cultos e dirigidas a cultas (supostamente). De facto, o ceifar do feno era mais indicado para tais indivíduos, se bem que também requer a sua perícia.
Então n é que nos querem fazer acreditar que a cultura se estende apenas nas importações, mais ou menos putrefactas, de letrinhas e musicóis, operetas, estatuetas e tretas semelhantes?! E que é feito do belo do escárnio pintado em canecas de barro e do cao de pelúcia na traseira do opel vectra?! Qué feito daquilo que é nosso e que nasceu ca na terrinha?!
Felizmente eu pesquisei e encontrei a solução para aqueles que têm vergonha do que foram os seus pais e avós. Estes seres, bafejados pelo supra supra da chiquesa, podem mudar de nacionalidade e assim ate contribuem menos para a taxa de burrice nacional...
Meus amigos, até a estupidez tem limites!

3 comentários:

Allex disse...

Romi,

Opel Vectra??
Nao queria antes dizer Opel Corsa??!! O mitico com o CD pendurado no retrovisor, uma nossa senhora de Fatima (tem k ser de Fatima!!) colada no tablier e a nova akisiçao, o colete reflector "vestido" no banco do condutor!

Mas acho k sim, o k é nacional é bom!!

E viva a reforma agraria!! :p

Bj
Allex

Joana Marques disse...

Fantástico:)
Porque ser culto é difícil, não basta saber tudo sobre antianginosos, mais importante do que isso é saber quais os nomeados do Festival de Cannes e a disposição dos quadros e esculturas de todas as salas do Museu do Louvre!Chique a valer;)

Rute Saleiro disse...

Inteligentes, inteligentes eram os nómadas!!!Criar raizes é lixado, especialmente quando se transformam em correntes demasiado pesadas!