sexta-feira, julho 21, 2006

Hormonas

Pah com o que calor que tá vi-me obrigada a refugiar em locais frescos... n, n fui pa praia mas sim pa uma biblioteca! Bem pus em dia as leituras todas e houve particularmente uma que chamou a atenção!
Ora, o artigo dizia que alguns cientistas desocupados montaram um estudo que mediu os níveis hormonais de pessoas apaixonadas e acabaram por concluir que as pessoas apaixonadas têm níveis aumentados de dopamina e oxitocina e níveis baixos de serotonina. N sei s sabem mas muitos medicamentos anti depressivos aumentam os níveis de serotonina pelo que pessoas deprimidas sob medicação podem ter maior dificuladade a apaixonar-se!!!
Mas o mais incrível é que a oxitocina está tb relacionada com a fidelidade!!! Mais, após 4 anos de relacionamento, a dopamina começa a diminuir e a paixão vai tb pelo cano abaixo!
Agora, eu tenho a solução: sei bem que n têm obrigação de saber, mas muitos medicamentos usados na doença de Parkinson aumentam os níveis de dopamina, pelo que s vasculhares as gavetas dos vossos avós poderão lá encontrar estas mágicas pílulas e sem eles darem por ela, metem-nas ao bolso; depois basta só desfazê-las bem desfeitinhas e misturá-las num gelado de chocolate que devem entornar pela goela abaixo do vosso mais k tudo! É remédio santo para o amor eterno!
Outra solução, visto que a dopamina é libertada em simultâneo com a adrenalina e tal, é levar os babes a saltar de pára-quedas e a meio da queda livre dizer k sabotaram o´material: a descarga de hormonas vai ser tal que eles amar-vos-ão eternamente!
como vêem o que não falta são soluções e eu podia perfeitamente debitar mais algumas, mas tenho de guardar alguns truques na manga...

6 comentários:

eremita disse...

Como futura médica não devias apelar ao bom senso no uso de medicamentos?
Tipo.. usa-los só para o que estão indicados?

Bem.. já desviei 7 cápsulas :P

romi disse...

fogo!!!keres melhor uso pa um medicamento?

Anónimo disse...

cara romi,queria acrescentar uns pormenores importantes...as pessoas com doença obcessiva compulsiva são iguais as pessoas apaixonadas em relação a estes neurotransmissores!CUIDADO!!casar sempre qd ja so ha oxitocina e não dopamina.P.S.o prozac diminui a capacidade de amar,por favor alguem q administre este medicamento ao castelo branco..hasta
uma das vossas fas,LILI

Rosita disse...

Concordo perfeitamente! Alias, eu propria me auto administro anti depressivos! comprimidinhos!!! :) Com a carga de trabalhos que os rapazes dão e a sua completa incapacidade de serem fieis (principalmente os que nos parecem mais dedicados), mais vale prevenir e manter a serotonina no pico não vá o diabo tecê-las e ainda cair na desgracia de gostar mesmo de alguém! Deus me livre!

Joana Marques disse...

Eu acho que vou mexer os meus "cordelinhos" na redacção da "Nature", porque realmente isto merece ser publicado!Fantástico Romi...cm sp pá...bolas

Anónimo disse...

Best regards from NY! here