quinta-feira, dezembro 27, 2007

O Amor é lindo!

Desenganem-se os que acham que me está a dar a loucura, que me perdi de vez. Não, ainda não é para já!
Falo apenas do que tenho visto ultimamente.
Presencio diariamente aquilo a que carinhosamente chamo "Crise Romântica dos 50". É verdade, dá-me gozo vê-los assim, todos atenciosos um com o outro ;)
Mas o que me intriga é esta questão: o que fará um homem chegar aos 50 anos e finalmente aprender a pôr uma mesa, pôr a loiça na máquina (e no dia seguinte tirá-la de lá mesmo antes de a mulher acordar), mandar-lhe mensagens românticas e inesperadas durante o dia, e até empenhar-se a fundo para lhe dar um presente de Natal especial?
Estou habituada a vê-los deixar tudo o que é lide doméstica para elas. Isto apesar de eu insistir em dizer que homem que partilhe mais do que algumas horas diárias comigo tem que se mostrar prestável (em todos os sentidos, vá!). Não vou ser empregada de ninguém, como umas e outras.
Mas como estava a dizer, estou habituada a vê-los muito pouco interessados em mimar a mulher com quem partilham tantos anos de rotinas, e ver esta revolução aqui tão perto do meu nariz fascina-me!
Sabe-me bem ver que ainda há esperança, e que mesmo o mais casmurro, desajeitado e distraído é capaz de amadurecer, nem que seja aos 50, depois de muitos anos de paciência.
Mas será que vale a pena aguentar até lá, em prol de uma velhice romântica?
Acho que o melhor é não casar, pelo menos antes dos 49.

6 comentários:

Joana disse...

RUU...tá muito bem!Mas olha, tem graça, que pelo que pude avaliar hoje à noite quando cheguei a casa, o Mister fez arroz de polvo ao almoço!Arrumar na máquina isso é que já é pedir muito, porque como ele diz: "liga-se ao jantar para ter mais loiça", mas o que acontece é que nunca há espaço para ela, porque a do almoço enche a dita!Mas vá lá, vá lá, também é dos que gosta de cozinhar, claro está, que depois temos que passar a refeição a repetir: "está óptimo!muito bom mesmo!", senão não deixa ninguém comer em paz!Homens!!

Rute disse...

mas tu n estas a perceber a essencia da questao.eu n estou a falar dos seus dotes domésticos. é que fazer as coisas por gosto,tb eu as faço!estou a falar de casos bicudos!dakeles que em 25 anos nunca cozinharam uma refeição (e isso continuam sem fazer, porque o amor é bonito, mas n tem que interferir com o bem-estar de terceiros ;P ), nunca fizeram uma cama, e por aí fora...o maravilhoso está na MUDANÇA, e nao na acção em si :)

Joana disse...

Já podes ir para o gabinete de terapia de casal!Até se me tremeu o tórax!Há esperança!

Rute disse...

Obrigada, obrigada!Eu sei que tenho futuro..:)

eremita disse...

O problema nao se resolve ao casares aos 49 porque faltava-te passar pelos 25 anos de amargura.

Por isso..

lá prós 74 eras capaz de começar a ser feliz.

Casa-te já, nao sejas parva.

Rute disse...

isso é um convite? é k só se for contigo :P:P