segunda-feira, outubro 02, 2006

A arte de curar

Quão nobre é esse objecto!Quão nobre é quem o inventou!Quão nobre é quem o sabe usar!
Honra seja feita ao PENSO!!
Enfim, vai uma menina elegante passeando-se pela rua e eis que fica presa num arame, faz uma bela de uma arranhadela e não há nada como chegar a casa, desinfectar a ferida com o "betadine" e pressionar com toda a força, o bendito penso!
Assim é a arte de curar a ferida aberta! Ferida da qual neutrófilos e plaquetas se confundem, na tentativa de cicatrizar e formar o bonito trombo!
O mesmo se passa no Amor! Ousamos tentar saltar a cerca com cuidado, vais nisto a bonita da calça de ganga fica presa...e quando pensamos que só a ganga se rasgou, vemos pequenas gotículas de sangue cairem da nossa bela perninha e pensamos: "Pronto, já me magoei outra vez, sou uma desgraçada!" ...é precisamente aqui que entra o curativo. Não há nada melhor que encontrar um bonito penso no armário e ZÁS...COLá-LO com toda a força, à espera que a ferida passe!Traduzindo por miúdos, encontramos um babe lindo, inteligente, querido e divertido. No ínicio é todo atenção e mimos, mas passado algum tempo já diz que não nos merece e que o melhor é esquecer e segue o ciclo dos bois. Não há nada melhor que um babe mais lindo ainda, alto, simpático e meigo, para esquecer a tempestada do dia anterior!!E lá vamos nos vamos tornando profissionais na arte de primeiros socorros!

7 comentários:

romi disse...

sim...os pensos sãp fantásticos e só eles nos fazem ultrapassar chagas profundas!!!

Joana Marques disse...

Eu sei que me compreendes amiga.Temos que pensar seriamente em promover cursos de douturamento nesta arte!

Quaresma disse...

Isso é tudo amor? :P

Joana Marques disse...

Pois...mas eu consigo ser tão desgraçada que ainda me pus a ver "Sweet November" hoje e foi derramar lágrimas, minutos a fio...n sei cm não entrei em choque hipovulémico!Ai, ai

Zézé disse...

eis a grande questão: serei eu o penso ou o arame.

só o tempo o dirá

Joana Marques disse...

No fundo..também é tudo uma questão de tempo.

romi disse...

zeze? zeze camarinha??? n pode... se fores és o meu arame pela certa