quinta-feira, março 08, 2007

Uma questão de orgulho

Porque é hj é dia da mulher, vou falar dum assunto que n tem nada a ver... pk cá para mim isso de inventarem um dia que faz homenagem ao sexo feminino é uma treta, querem é fazer de nós umas atrasadas mentais que precisam que lhes andem a bajular o ego para lutarem por aquilo que querem! Eu cá n preciso que inventem um dia para me dizerem que sou fantástica: eu já sei que o sou há muito tempo!
Por isso, e conforme prometido, vou falar duma coisa bem mais interessante e de interesse para o bem cumum: o orgulho!
É de facto um sentimento terrível, porque no final das contas só nos faz sair a perder...se o ignoramos, sentimo-nos falsos, e se alinhamos nas suas conjecturas sentimos que estamos a perder algo que no fundo queríamos ganhar! Ou seja, não conseguimos viver com ele, nem sem ele! É mais ou menos como namorar com o Bloom, viver sem ele é uma tragédia e com ele é um sufoco (pelos motivos que bem podem imaginar!).
Para dar assim um ar real a todo este paleio vou espôr os pensamentos de uma rapariga 5 minutos após ter dado uma bronca ao namorado porque ele se esqueceu que faziam 3 meses e 23 dias de relação doentia, a que muitos chamam namoro:
"ai este rapaz é um otário, um insensível, mas se ele pensa que eu o perdo-o está bem enganado, vai ficar sem notícias minhas até me vir pedir desculpa!"
meia hora depois...
"ai ele n m diz nada, será que estou a ser paranóica, afinal a data nem é assim tãp significativa!"
"ahhhh, mas agora tam bém n dou o braço a torcer, ele k me ligue se quiser!"
meia hora depois...
"ai estou a ficar em pulgas, este rapaz põe-me doente!!!ou será o meu orgulho?! talvez devesse ligar-lhe...keria tanto falarcom ele, estar com ele... ah mas nao...ou por outro lado, quiçá..."
E pronto fica nisto, pelo meio derrete uma taça de gelado, uma tablete de chocolate, vê uns filmes ranhosos e ouve umas mísicas melosas...
E o pior de tudo, é que eu sou um bocado assim!

8 comentários:

Joana Marques disse...

Tens toda a razão!Muito Ridículo!!Até parece que temos que ficar agradecidas por criarem um dia, para lhes lembrar, que nós somos escravas em casa, no trabalho, mouras, desgraçadas!Umas "ela que faça"!
Enfim não passa de mais uma das nossas técnicas para OS fazer pensar que decidem, que pensam, que nós precisamos deles! Coitadinhos...bem nos podem bajular, basta ir ali à Feup e ver como um homem, se não estiver rodeado de mulheres, retorna ao verdadeiro homem das cavernas.
Um SELVAGEM!
Fala alto, ri-se de coisas parvas, não muda de roupa, manda piadinhas infantis, acha interessante a pior de nós, passa à frente na fila da cantina sem nenhum pudor..enfim, um primitivozinho, um imberbezito!Haja mulher que os ature!

o redactor disse...

Antes de começar o meu comentário so quero fazer 3 reparos (Romi, é para teu bem):

ERRADO/CORRECTO
cumum / comum
espor / expor
perdo-o / perdoo-o (esta era difícil)

Realmente é ridiculo criar um dia da mulher, pois a mulher é um ser ao qual (pelo menos eu), presto homenagem todos os dias. (e isto não é tanga).
Seja com um beijo carinhoso à minha mãe, ou num gesto de atenção à minha avó, com um pontapé no rabo à minha irmã, ou com palavras doces à minha menina, o que importa é que sempre que posso tento com que se sintam especiais, poism a mulher é o elemento que comporta todos os pilares de uma sociedade trabalhadora e coerente.
No passado fui cego, pois não queria ver, mas, conheci alguém que me fez perceber o quanto a mulher sofre para conseguir uma vida razoável, é o emprego, os filhos, a lida da casa e tantas outras coisas.
Por isso a vocês mulheres presto todos os dias a minha homenagem, e com um grande Muito Obrigado me despeço.

Antes de me ir, queria apenas dizer a sorte que tenho, ao ter encontrado a Rosa, pois nela vejo uma grande mulher.
tenho dito...

Ps: Joana Marques, tens de acalmar essa raiva, nem todos os homens são assim.

Beijos para todas

kell disse...

Uma vez que toda a gente me ignorou no dia da Mulher(excepto a minha maezinha), esta questão é-me indiferente enquanto me considerar uma menina :)
Relativamente ao orgulho, acho que não és a única Romi! Todas somos um bocadinho assim!!!

Quanto aos comentários anteriores: sim, os homens são todos assim!! Mudam durante uns 5 ou 6 meses e porque estão apaixonados! Mas depois revelam o monstro que há dentro deles!

Azar o nosso!

romi disse...

o redactor vê lá se n arranjas lenha pa t keimar!

romi disse...

olha la meu parolo o perdo-o ta certo pk eu pus um o antes!!!vai aprender português

Joana Marques disse...

"a mulher é o elemento que comporta todos os pilares de uma sociedade trabalhadora e coerente"...ocupa-te também;)

romi disse...

hum estive a reflectir e acjo k nem tu nem temos razão... acho k o correcto é msm "o perdoo"!!!bem n interessa...

o redactor disse...

vocês são todas umas castiças...
Não se deixem magoar, ser mulher é difícil, e não devia ser assim, mas, apesar da dificuldade, é muito bonito ser mulher...
(Não estou a gozar)
Beijinhos para todas